"Os Educadores-sonhadores jamais desistem de suas sementes,mesmo que não germinem no tempo certo...Mesmo que pareçam frágeisl frente às intempéries...Mesmo que não sejam viçosas e que não exalem o perfume que se espera delas.O espírito de um meste nunca se deixa abater pelas dificuldades. Ao contrário, esses educadores entendem experiências difíceis com desafios a serem vencidos. Aos velhos e jovens professores,aos mestres de todos os tempos que foram agraciados pelos céus por essa missão tão digna e feliz.Ser professor é um privilégio. Ser professor é semear em terreno sempre fértil e se encantar com acolheita. Ser professor é ser condutor de almas e de sonhos, é lapidar diamantes"(Gabriel Chalita)

Translate - Tradurre - Übersetzen - Çevirmen - переводчик -

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Homens e Deuses - Augusto Simões Azevedo




Segundo a mitologia Deuses são seres metafísicos que possuem poderes além da compreensão humana. Com o olhar poderia tirar a vida de alguém; um movimento poderia criar terremotos e devastações. A mesma força poderia, com um uivo, transformar montanhas em pó.

Será que nós homens não temos esse mesmo poder? Um olhar carinhoso a uma pessoa completamente desafortunada não da um pouco de dignidade a ela; uma pessoa que levanta o braço para não deixar uma senhora que se descuidou a atravessar a rua para lhe salvar a vida; um marido que diz à esposa “eu te amo” logo pela manhã transformaria o dia dela; uma palavra grosseira e não pensada poderia destruir um homem.

Temos muito dos deuses em nós. Acho que até mesmo podemos superá-los, por que conseguimos destruir e criar vida a partir de pequenos gestos, um abraço - um beijo, até mesmo uma simples palavra pode mudar completamente o mundo de alguém.

Talvez seja arrogância dizer que somos deus, mas na mitologia existiam também os Semi Deuses que era meio homem meio deus, indivíduos com poderes sobre humanos que tinham diversas habilidades. O mais famoso creio ser Hercules, com sua força descomunal, um herói que usava sua habilidade para favorecer a bondade, proteção e paz na terra. O homem comum, porém, que se esforça para ser forte e assim poder ajudar as pessoas, como os policiais de bom caráter que usam seus corpos e força para proteger quem não seria talvez um Hercules do mundo atual. Apesar do fato da ficção criar sempre adjetivos sobrenaturais, não vejo diferença entre a essência dos dois. Vejo diversos outros exemplos que posso relatar, como Atena, deusa da sabedoria, de inteligência comparada à de Albert Einstein e de Sigmund Freud. Ou até Ades, deus da guerra, comparável a Adolf Hitler e a Genghis Khan. Podemos pegar varios exemplos simples para comparar seus feitos.

O homem tem tanto poder para fazer o bem quanto para fazer o mal. Cada pessoa tem sua essencia propria ou até mesmo mudada pela vivência que tem. Uma vez li um ditado que dizia “ só pode se fazer o bem quem tem a capacidade de fazer o mal”.

Então, refleti muito e penso que na verdade matar é muito mais facil do que salvar. Comer toda a refeição é mais facil do que doa-la a uma pessoa com fome. Cruzar os braços é muito mais facil do que estender a mão.

As pessoas hoje em dia dizem e fazem coisas sempre com pensamentos egoistas. Sempre ajudam com segundas intenções. São raras as que ajudam com o prazer de ajudar, com bondade sem esperar algo em troca.

Um comentário:

Augusto Simões Azevedo disse...

Olá Magali tudo bem???????

agora estou no facebook e com a pagina do meu livro, espero que goste, segue abaixo o link

pessoal:
https://www.facebook.com/augusto.simoesazevedo

Reflexões do Cotidiano:
https://www.facebook.com/ReflexoesDoCotidiano

bjs e uma maravilhosa semana

PENSAMENTOS